Rincón ex-jogador do corinthians tem prisão decretada e é procurado pela Interpol

A Interpol emitiu uma ordem de prisão contra o ex-jogador colombiano Freddy Rincón, que está sendo investigado por lavagem de dinheiro e por ter ligações com o narcotráfico no Panamá.

De acordo com a TV Red Más Noticias, a ordem de prisão internacional está relacionada com algumas propriedades de Rincón que foram adquiridas com dinheiro do narcotraficante Pablo Rayo Montaño — o ex-jogador seria o ‘laranja’ na compra de duas fazendas, dois apartamentos e uma casa no Valle del Cauca, na Colômbia.

O caso veio à tona em 2006, quando o Montaño foi preso no Brasil. Na época, o ex-jogador negou qualquer vínculo com o traficante e admitiu ter convivido parte da infância junto com Montaño.

Procurado pela rádio colombiana Antena 2, Rincón voltou a rechaçar participação em qualquer atividade ilícita e criticou o modo como o caso vem sendo tratado.

— O Brasil tratou o caso como deveria ter sido tratado na Colômbia. O Brasil pediu três vezes as provas ao Panamá a respeito disso. Panamá nunca as apresentou, Brasil arquivou o caso. Vou vivendo tranquilo no Brasil, vivendo como qualquer cidadão tem que andar no Brasil ou em qualquer parte do mundo. Na Colômbia não fazem as coisas corretas. Ao invés de fazer as averiguações junto ao Panamá, pois na Colômbia não tenho nenhum problema, não pediram provas e simplesmente se apropriaram de meus bens.

Em 2007, Rincón enfrentou investigação por suposta lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e chegou a ser detido em São Paulo. O colombiano teria investido US$ 200 mil (R$ 397 mil) em uma empresa de propriedade do criminoso.

Meio-campista de classe, Freddy Eusébio Rincón teve passagem pelo futebol brasileiro, onde defendeu Palmeiras, Corinthians, Santos e Cruzeiro. Na Europa, passou por Napoli e Real Madrid. O ex-meia também jogou em seu país pelas equipes do Tolima, Santa Fé e América de Cali.

 

 

 

Fonte: R7

Verifique também

Aniversário João Pedro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *